sexta-feira, 30 de julho de 2010

Ministro da Agricultura diz: "Quem mais preserva no Brasil é o produtor rural"


Ao comentar o novo Código Florestal Brasileiro o ministro da Agricultura, Wagner Rossi, defendeu a classe dizendo que "As pessoas que, às vezes, defendem a natureza têm uma boa intenção, mas não conhecem o processo produtivo rural, não são capazes de entender que é perfeitamente possível compatibilizar [produção e preservação]. Ninguém quer que haja erosão, assoreamento, ninguém deixa de proteger um manancial na sua propriedade. Quem mais preserva no Brasil é o produtor rural".


Segundo o ministro, uma das áreas mais promissoras do setor é a floresta plantada já que com ela há redução da agressão em florestas naturais. Além disso, são as florestas de eucalipto que atraem o interesse de empresários.


"Os ambientalistas têm todo o direito a ideias e opiniões, mas não podem parar o país", disse. "Os ambientalistas que me desculpem, mas não podem fazer regras contra o povo, contra quem está levando o Estado para frente. Temos que ter cautela, normas. E elas serão respeitadas", completou Rossi.

É ministro...cautela...muita cautela....

Fonte: Folha de São Paulo.


Um comentário:

Jorge disse...

Tá bom... Eu acredito. Como também acredito em Papai Noel e Branca de Neve.